Início 9 destaques 9 Como denunciar fake news no Pinterest

Últimas notícias

@thiagoilustrado

Como denunciar fake news no Pinterest

@thiagoilustrado
COMPARTILHAR:

O Pinterest é uma famosa rede social de fotos em que os usuários podem interagir e compartilhar inspirações sobre temas variados. Como todo espaço online, não está imune à desinformação e já incorporou políticas contra a prática na sua plataforma, a mais recente diz respeito à desinformação climática. A nossa série com o passo a passo para combater informações falsas nas plataformas mostra hoje como denunciar fake news no Pinterest.

As diretrizes de comunidade da rede social destacam as regras do que pode e do que não pode ser compartilhado no espaço. O Pinterest explicita a proibição de práticas fraudulentas e enganosas, assim como assédio, violações de privacidade, pornografia e outros conteúdos nocivos. 

No âmbito específico da desinformação, a plataforma informa, nas suas políticas de uso, que não é um espaço para informação incorreta, desinformação ou má informação e, por isso, inclui a possibilidade de denunciar fake news no Pinterest. “Removemos ou limitamos a distribuição de conteúdo falso ou enganoso que possa prejudicar o bem-estar, a segurança ou a confiança dos usuários do Pinterest ou do público”, afirma.

Assim, o Pinterest proíbe conteúdos como afirmações de saúde sem sustentação médica que coloquem em risco a saúde pública, teorias da conspiração, conteúdo visual manipulado e conteúdos falsos ou enganosos que incentivem a transformação de indivíduos em alvos de assédio ou violência física.

Além disso, a plataforma inclui uma política específica de desinformação sobre participação cívica, que inclui o processo eleitoral. Isso abarca informações como:

  • Conteúdo falso ou enganoso que comprometa a integridade de uma eleição ou impeça a participação cívica de um indivíduo ou grupo, incluindo o ato de registrar-se para votar, o voto e a participação em um censo;
  • Informações falsas ou enganosas sobre as datas, horários, locais e procedimento para votação ou participação no censo;
  • Informações falsas ou enganosas sobre quem pode votar ou participar do censo e quais informações devem ser fornecidas para participar;
  • Informações falsas ou enganosas sobre a segurança pública com o objetivo de dissuadir as pessoas de exercer seu direito de voto ou de participar em um censo;
  • Conteúdo que incentiva ou instrui os eleitores ou participantes a fazer uma falsa representação de si mesmos ou a participar ilegalmente;
  • Conteúdo aparentemente destinado a deslegitimar os resultados eleitorais com base em alegações falsas ou enganosas;
  • Ameaças contra locais de votação, pessoal que está trabalhando no censo ou na eleição, eleitores ou participantes do censo, incluindo intimidação de eleitores ou participantes de grupos vulneráveis ou protegidos.

“O Pinterest não é um lugar para conteúdo ou comportamento antagônico, explícito, falso ou enganoso, nocivo, odioso ou violento. A plataforma pode remover, limitar ou bloquear a distribuição de tal conteúdo e as contas, indivíduos, grupos e domínios que o criam ou divulgam com base na quantidade de dano que ele representa. As pessoas precisam de uma fonte de inspiração, e não há nada inspirador na disseminação de desinformação”, informou a assessoria de imprensa da plataforma, sem detalhar, contudo, qual o parâmetro utilizado para a moderação.

 

Passo a passo para denunciar fake news no Pinterest:

  1. Clique nos três pontinhos no lado inferior direito (ou superior direito caso esteja dentro do post) da postagem que você deseja denunciar;
  2. Selecione a opção ‘denunciar’;
  3. Escolha a opção ‘Desinformação’;
  4. Selecione se a informação falsa é sobre saúde, participação cívica, clima ou é uma teoria da conspiração;
  5. Por fim, escolha se deseja bloquear o usuário fonte da denúncia e selecione a opção ‘denunciar’.

 

*O Pinterest também dá opção para o usuário denunciar discursos de ódio, assédios e violação de privacidade.

Para facilitar o entendimento do usuário sobre o que é ou não passível de denúncia, a plataforma explica as categorias de denúncia: saúde, participação cívica, clima ou teoria da conspiração.

Saúde: são removidas coisas como falsas curas para o câncer e outras doenças terminais e conselhos antivacinação.

Não são removidas coisas como dicas de como usar chás, óleos e ervas para dormir melhor e conteúdo sobre alimentação saudável, incluindo detox e suplementos.

Participação cívica: são removidas coisas como desinformação sobre votações e informações falsas sobre eleições ou eventos atuais com o propósito de enganar o eleitor.

Não são removidas coisas como desentendimento sobre políticas públicas.

Clima: são removidas coisas como negar as mudanças climáticas e informações falsas sobre eventos climáticos extremos.

Não são removidas coisas como dicas de sustentabilidade.

Teorias da conspiração: são removidas coisas como teorias da conspiração baseadas no ódio, como a negação do Holocausto, e conspirações sobre pessoas ou lugares.

Não são removidas coisas como histórias de fantasmas e teorias sobre OVNIs.

 

 

COMPARTILHAR:
0
Would love your thoughts, please comment.x