Início 9 saídas possíveis 9 Monitoramento das redes e plataformas por pesquisadores e organizações da sociedade civil

Saídas possíveis

set 10, 2021 | saídas possíveis

Monitoramento das redes e plataformas por pesquisadores e organizações da sociedade civil

COMPARTILHAR:

Organizações da sociedade civil e grupos de pesquisa têm realizado esforços de monitoramento das redes de vários tipos, todos com impacto positivo no combate à desinformação:

  1. Conteúdo das redes sociais – grupos de pesquisa na USP, UFMG, UFRJ, UFBA, UFPel, entre outros, monitoram conteúdos postados para detectar e mensurar a ocorrência de fake news e de estratégias coordenadas de desinformação.
  2. Ações das plataformas – grupos de pesquisa brasileiros monitoram a aplicação dos termos de uso das plataformas e as ações delas no combate à desinformação. Experiências como a Ranking Digital Rights monitoram o quanto os termos de uso das plataformas protegem direitos humanos como liberdade de expressão e privacidade.
  3. Ações dos governo e propostas legislativas – organizações brasileiras (como as reunidas na Coalizão Direitos na Rede) e estrangeiras atuam no monitoramento das ações de governo e propostas legislativas que abordam o tema, a fim de conter retrocessos e viabilizar avanços no combate à desinformação.
  4. Anunciantes – iniciativas como o Sleeping Giants expõem os anunciantes de canais, sites ou programas que praticam discurso de ódio ou conteúdo desinformativo. A exposição tem o objetivo de pressionar as marcas a retirar o apoio financeiro (direto ou via mídia programática) a esses canais de comunicação.

As ações de monitoramento dependem de transparência das plataformas e de governos para serem efetivas. As plataformas têm ampliado suas políticas de transparência, mas em muitos casos resistem a oferecer acesso e informações organizadas a pesquisadores. Governos também buscam restringir acesso a informações públicas, especialmente as relacionadas a publicidade governamental.

Vale a leitura

Coalizão Direitos na Rede
Ranking Digital Rights
Monitor do Debate Político no Meio Digital
Sleeping Giants Brasil

COMPARTILHAR:

Vale a leitura

0
Would love your thoughts, please comment.x