COMPARTILHAR:

O grupo Meta suspendeu temporariamente algumas das suas políticas de comunidade durante a guerra, de acordo com informações obtidas pela Reuters. A partir de e-mails obtidos pela agência de notícias, a empresa não irá moderar conteúdos que incitem a violência contra a Rússia e soldados russos, incluindo posts pedindo a morte do presidente russo Vladimir Putin e o bielorrusso Alexander Lukashenko.

COMPARTILHAR: